Blefaroplastia (pálpebras)

55_0_36762400_1363847022O que é Blefaroplastia?

A cirurgia da pálpebra, ou blefaroplastia, é um procedimento de cirurgia plástica criado para corrigir excessos de pele ou bolsas que se formam nas pálpebras. Esses são sinais de envelhecimento da pele facial e podem causar incômodos estéticos, além de, em muitos casos, prejudicar a visão. Mesmo pessoas mais jovens, se tiverem uma tendência familiar podem apresentar este incômodo. Portanto, não há uma idade ideal para a realização dessa cirurgia.
A maioria dos casos são operados sob anestesia local (em alguns casos, com uma sedação prévia). Dependendo da vontade do paciente, poderão ser feitas sob anestesia geral. Reserva-se esta última conduta para os casos em que clinicamente está contra-indicada a anestesia local, ou mesmo quando a blefaroplastia esteja sendo feita simultaneamente a outras cirurgias.

Como é feita a cirurgia?

A blefaroplastia normalmente leva em torno de 90 minutos. Dependendo do caso, existem detalhes que podem prolongar este tempo. Entretanto, o tempo de ato cirúrgico não deve ser confundido com o tempo de permanência do paciente no ambiente de Centro Cirúrgico, pois esta permanência envolve também o período de preparação anestésica e recuperação pós-operatória. Seu médico poderá lhe informar quanto ao tempo total.
Em um procedimento típico, o cirurgião marca o trecho de pele das pálpebras superiores que serão retirados, mantendo a cicatriz escondida na dobra da pele da pálpebra. Uma porção da pele em excesso é retirada e é suturado com técnicas de cirurgia plástica. Na pálpebra inferior, na blefaroplastia transconjutival, se tem acesso às bolsas de gordura que são retiradas. As suturas são realizadas internamente de maneira a minimizar as cicatrizes visíveis. Assim os excessos de pele são retirados e as bolsas são tratadas.

 

Como é o pós-operatório?

Durante as primeiras semanas de pós-operatório o paciente não deve realizar grandes esforços físicos, isso pode causar rupturas e prejudicar o resultado final almejado.
As pálpebras podem apresentar a sensação de estarem um pouco apertadas e um pouco doloridas, mas essas dores poderão ser perfeitamente abolidas com o uso de analgésicos comuns. No caso de sentir uma dor mais severa, o cirurgião deve ser chamado imediatamente para tomar as devidas providências.
Sendo a pele das pálpebras de espessura muito fina, as cicatrizes tendem a ficar praticamente disfarçadas nos sulcos da pele. Portanto, deve ser aguardado o período de maturação da cicatriz, cerca de 3 meses. A cicatriz resultante dependerá fundamentalmente da qualidade de cicatrização desse paciente em particular. Cada indivíduo apresenta uma peculiaridade especial no que diz respeito à cicatrização. Pela sua localização, são passíveis de serem disfarçadas com uma maquiagem leve, desde os primeiros dias.
O cirurgião acompanhará os resultados de perto durante as primeiras semanas, e mais distante posteriormente. O curativo será removido de 2 dias até uma semana, dependendo do tipo de cirurgia e da recuperação do paciente. O edema e as equimoses (manchas roxas), se existirem, provavelmente melhorarão no decorrer dos dias.

Pular para a barra de ferramentas