Notícias

Chegada do inverno abre “temporada” das cirurgias plásticas no país

Nenhum comentário

Frio e baixa incidência de raios solares favorecem a realização desse tipo de procedimento

O inverno que começou ontem inaugurou também o auge da temporada de cirurgias plásticas no país. Conforme dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, entre os meses de junho, julho e agosto os consultórios registram movimento 50% maior do que o observado nos demais períodos do ano.

A preferência pelo inverno para dar um retoque na aparência deve-se a duas razões: o frio e a pouca incidência de luz solar.

O sol é um dos maiores inimigos durante o pós-operatório. Pode deixar manchas e cicatrizes, enquanto o calor dilata os vasos sanguíneos e causa mais inchaço à pele, além de um incômodo extra: logo após a cirurgia, muitos pacientes precisam usar uma cinta grossa, que esquenta e gera desconforto.

É importante lembrar que cirurgia plástica é um processo complexo, que envolve anestesia e, muitas vezes, um pós-operatório doloroso. Portanto, é preciso buscar um profissional qualificado.

 Há muitos médicos não especializados realizando cirurgias plásticas. Um procedimento malfeito pode acarretar danos irreversíveis — diz o presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Tags: Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Mitos e verdades sobre o implante de silicone
Pós-bariátrica
Leia mais
Menu