NotíciasSeios

Conheça as principais dúvidas sobre a mamoplastia redutora

Nenhum comentário

A mamoplastia redutora é feita quando as mamas sofrem um aumento de volume, seja por questões genéticas ou de sobrepeso. Esse alto volume mamário pode provocar dor e desconforto nas costas, além de causar alterações na postura. Alguns pacientes ainda reclamam da dificuldade de encontrar roupas que sirvam, o que também pode prejudicar a autoestima.

Dessa forma, a cirurgia de mamoplastia redutora tem o objetivo de proporcionar uma qualidade de vida e ajudar na recuperação da autoestima. Mas, por se tratar de um procedimento cirúrgico, ainda existem algumas dúvidas sobre a cirurgia. Por isso, separei os principais questionamentos sobre a mamoplastia redutora.

Quem pode fazer a cirurgia?

A mamoplastia redutora, geralmente, é feita em pessoas mais jovens, que tiveram o desenvolvimento maior nas mamas, mas também pode ser feito em mulheres mais velhas, que estão sofrendo com a queda dos seios, seja por conta do envelhecimento natural ou pela gravidez.

Como é feito o procedimento?

A cirurgia é feita após o médico cirurgião plástico solicitar alguns exames, como mamografia e/ou ultrassonografia. Após os resultados, dá-se início ao procedimento. A mamoplastia redutora consiste em retirar excessos de tecidos e de gorduras em regiões específicas das mamas. Após isso, é feito o remodelamento dos seios, para que eles fiquem naturais e de acordo com o estilo do corpo da paciente.

Como é o pré e o pós-operatório?

Para se preparar para a cirurgia, a paciente precisa estar de jejum por, no mínimo, 8h. Além disso, caso seja uma pessoa fumante, é preciso evitar o tabagismo por 30 dias antes do procedimento.

O pós-operatório da mamoplastia redutora é simples: a paciente precisa atentar-se a alimentação, uma vez que os medicamentos utilizados podem afetar o organismo; é necessário utilizar o tempo todo o sutiã cirúrgico; evitar atividades físicas, podendo retornar a rotina normal de exercícios após um mês e trocar, sempre que necessário, os curativos.

Existe a possibilidade de ter cicatriz?

A mamoplastia redutora é um procedimento cirúrgico e, como quase todas as cirurgias, essa também deixa uma cicatriz. O que vai determinar o tamanho dela, é o tamanho original das mamas e como foi feita a retirada do excesso de tecido e gordura.

De modo geral, a discussão sobre as cicatrizes são feitas em consultório, antes da realização do procedimento. Isso porque é neste momento que o cirurgião plástico irá determinar qual técnica ele irá utilizar, de acordo com o tamanho dos seios.

A mamoplastia redutora é a mesma coisa que a mastopexia?

Não! É importante saber que os procedimentos cirúrgicos, apesar de parecidos, não são os mesmos. Enquanto na mamoplastia redutora é retirado o excesso de pele para diminuir o tamanho das mamas, na mastopexia essa retirada tem o objetivo de levantar os seios caídos.

Dessa forma, a mastopexia pode ser feita independente do volume mamário, enquanto a mamoplastia redutora é realizada somente em pessoas com alto volume das mamas.

Cirurgia Plástica em Brasília

O Dr. Rodrigo Cruvinel oferece atendimentos especializados em cirurgias plásticas. Membro especialista da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) e do Colégio Brasileiro de Cirurgiões, realiza procedimentos de corpo, seios e face, e tratamentos estéticos em Brasília.

Agende sua consulta e tire todas as suas dúvidas sobre cirurgia plástica.

Tags: Notícias, Seios

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Dúvidas sobre cirurgia plástica: consultas, exames e pós-operatório
Lipo HD e Renuvion: combinação que promove maior definição do contorno muscular
Leia mais
Menu